(31) 3773-3268

Sete Lagoas - MG                          

triangle
FISIOTERAPIA

APRESENTAÇÃO

O fisioterapeuta a ser formado pela FACSETE será um profissional generalista, humanista, crítico, reflexivo, competente, capacitado para atuar em todos os níveis de atenção a saúde, bem como em outras atividades relacionadas como educação, gestão, consultoria e projetos em saúde. Este profissional detém visão ampla e global, respeitando os princípios éticos e culturais do indivíduo e da coletividade, estando preparado para integrar uma equipe multidisciplinar e habilitado para o exercício da profissão.

O curso de Fisioterapia da FACSETE proporcionará sólida formação de um profissional consciente de suas funções e responsabilidades, capaz de assumi-lo legal e integralmente, impondo-se como membro qualificado e competente da equipe multiprofissional de saúde e educação.

É objetivo da FACSETE:

• Estimular o desenvolvimento cientifico e capacidade reflexiva incentivando a pesquisa, consequentemente desenvolvendo a ciência, a tecnologia, a criação e difundindo a cultura.

• Incentivar e estimular o desejo da atuação permanente, despertando no acadêmico visão de que a formação não se esgota na graduação.
• Desenvolver práticas acadêmicas que assegurem experiências funcionais de aprendizagem, nas quais os alunos participem efetivamente em situações reais.

• Formar profissionais aptos para atuações nas áreas clínica, hospitalar, ambulatorial e de saúde coletiva.

• Prestar serviços especializados à comunidade e estabelecer com esta uma relação de reciprocidade.

• Formar profissionais que colaborem continuamente ao desenvolvimento da sociedade, colaborando à formação continuada.

• Desenvolver competências/ habilidades relacionadas à formação do cidadão.

PERFIL PROFISSIONAL

O Fisioterapeuta egresso da FACSETE será um profissional dotado de habilidades manuais, habilidades diagnósticas, empático com seus clientes, didático para orientar e conduzir os atendimentos de fisioterapia. Este profissional terá características humanista, capacidade reflexiva, formação generalista e crítica. Estará apto a atuar em todos os níveis de atenção à saúde, utilizando base científica consistente. Deterá visão ampla e global, respeitando sempre princípios éticos, culturais individuais e da coletividade. Este fisioterapeuta terá capacidade de estudo e atuação na restauração e manutenção do movimento humano, bem como em todas as suas formas de expressão e potencialidades, quer na sua forma fisiológica, quer na sua forma patológica, bem como nas repercussões orgânicas e psicossociais.

Este egresso se incumbirá de preservar, desenvolver e restaurar funcionalmente a integridade dos órgãos e sistemas, desde a avaliação cinético-funcional ao diagnóstico físico e funcional, se responsabilizará por prescrever e executar técnicas e procedimentos fisioterapêuticos pertinentes a cada situação, com autonomia e independência técnica, associadas à ideia de multidisciplinaridade, interdisciplinaridade e transdisciplinaridade.

Como profissional, o Fisioterapeuta deverá ser atuante, responsável, qualificado, consciente de suas possibilidades e limitações, respeitando o código de ética profissional e a legislação vigente, cultivando uma personalidade que dignifique a profissão, com equilíbrio moral e ético. Este profissional estará apto a atuar em equipes interdisciplinares, nas mais diversas áreas de assistência à saúde (ambulatórios, clínicas, hospitais, unidades de saúde, centros esportivos, e etc) na educação, na pesquisa, no gerenciamento de estabelecimentos de saúde e educação e em projetos que lancem a fisioterapia a frente.

Baseado no exposto, nosso egresso deve ter clareza que sua atuação profissional, em todos os níveis de atenção a saúde, deve incluir as etapas abaixo descritas, que garantem a autonomia profissional conquistada com o diploma universitário:

Avaliação cinético funcional: que inclui o exame através da coleta de dados, de indivíduos ou grupos, com perdas reais ou potenciais da capacidade de movimento, limitações funcionais, debilidades, incapacidades ou outras condições de saúde que afetem o movimento. Na avaliação, o Fisioterapeuta aplica testes e medidas e avaliar o resultado do exame através de análise e síntese, no contexto de um processo de raciocínio clínico;

Diagnóstico cinético funcional: a partir da avaliação, o Fisioterapeuta faz um diagnóstico funcional, que representa o resultado do processo de raciocínio clínico e normalmente é expresso em termos de disfunção do movimento, podendo também se enquadrar nas categorias de debilidades, limitações funcionais, incapacidades, deficiências ou síndromes;

Planejamento: inicia-se com a identificação da necessidade da intervenção fisioterapêutica e conduz à elaboração e ao desenvolvimento de um plano de intervenção, que inclui o estabelecimento de metas e resultados objetivos e mensuráveis, os quais são explicados, negociados e construídos em colaboração com o paciente, seus familiares ou cuidadores. Pode também conduzir à referência a outros profissionais, nos casos que em a Fisioterapia não esteja indicada;

Intervenção: ela é implementada e modificada de forma a se atingir os objetivos acordados na fase de planejamento das ações. A intervenção fisioterapêutica pode incluir o uso de terapia manual (manipulações e mobilizações); cinesioterapia (incluindo o treino funcional e a estimulação motora); uso de agentes físicos (eletro-foto-termoterapia), mecânicos ou naturais; o oferecimento de auxílio técnico, ensino e aconselhamento ao paciente, além de documentação, coordenação e comunicação dessas ações. A intervenção pode também ser dirigida à prevenção de debilidades, limitações funcionais, incapacidades e lesões, incluindo a promoção e a manutenção da saúde e a melhora da qualidade de vida da população;

Reavaliação e alta: o paciente é reexaminado, com o objetivo de se avaliar os resultados das metas e objetivos terapêuticos instituídos na fase de planejamento e para determinar suas condições de alta ou término do processo de intervenção.

Por fim, espera-se que este profissional tenha uma visão contextualizada e interdisciplinar, sendo capaz de perceber o ser humano de forma integral, bem como os aspectos bio-psico-sociais, políticos, econômicos e culturais na preservação e recuperação da saúde, com responsabilidade social.


VAGAS, TURNO E REGIME ACADÊMICO
Para o curso superior de Fisioterapia serão ofertadas 80 vagas anuais no período noturno. As matrículas são semestrais

DURAÇÃO: 10 Semestres

VALOR DO CURSO: 

R$ 810,65 * (*aluno calouro - ingressante no 1º Sem/2018)

*O valor anunciado, refere se ao semestre em andamento, este está sujeito a reajustes conforme o SINEP MG.

AUTORIZAÇÃO DO CURSO

Clique aqui para acessar a portaria de autorização do curso

 Estrutura Curricular do Curso

Regulamento dos Laboratórios


Voltar
Documentos Necessários
Arquivos Disponíveis
Bolsas e Programas
Lista de Convênios
Nossos Cursos
Conheça a Biblioteca